OS IMPACTOS FINANCEIROS CAUSADOS PELA ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS

  • Suelen Fabian Faculdade da Serra Gaúcha
  • Tiago Vasconcelos Scherer

Resumo

Uma boa administração de recursos humanos é muito importante para as empresas, a fim de evitar a alta rotatividade de funcionários e manter pessoas capacitadas e dispostas a contribuir para o seu crescimento. Muitos empresários não dão importância à rotatividade de funcionários, porém ela interfere nos resultados financeiros da empresa. Diante disso, o presente trabalho é um estudo de caso com o objetivo de apresentar a empresa os gastos relacionados com a rotatividade de funcionários. Inicialmente foi feita uma pesquisa bibliográfica dos conceitos relacionados à demissão e a contratação de funcionários, com base principalmente nos autores Chiavenato (2004, 2009), Marras (2000), Gil (2013), França (2010) e Cascio e Boudreau (2010), além do estudo de outras teorias necessárias. A técnica de coleta de dados foi com documentos e um questionário com perguntas abertas, aplicado a gerente de recursos humanos da empresa, com objetivo de analisar os processos da demissão e contratação de funcionários e os gastos gerados em 2012 e 2013. Com isso, foi possível constatar que, mesmo com a rotatividade abaixo da média no Rio Grande do Sul, os gastos foram bastante consideráveis. Dessa forma, foram sugeridas algumas medidas que podem ser tomadas para melhorar o processo de gestão de pessoas. Foi apresentado também a empresa como calcular os gastos antes de demitir ou contratar um funcionário. Assim, além de verificar as alternativas para diminuição desses gastos, será possível ainda comparar os resultados em diferentes períodos e verificar quais os processos que podem ser melhorados.

Biografia do Autor

Suelen Fabian, Faculdade da Serra Gaúcha
Tiago Vasconcelos Scherer
Publicado
2015-04-10