JUSTIÇA RESTAURATIVA APLICADA NO AMBIENTE ESCOLAR POR MEIO DE CÍRCULOS DE CONSTRUÇÃO DE PAZ

  • SABRINA CADÓ CENTRO UNIVERSITÁRIO DA SERRA GAÚCHA
  • FERNANDA SARTOR MEINERO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA SERRA GAÚCHA

Resumo

A Justiça Restaurativa é uma abordagem de Justiça enquanto valor humano universal, que busca dar atenção às partes envolvidas, direta e indiretamente, em um conflito ou crime, a fim de que coletivamente, através da autorresponsabilização individual e coletiva, identifiquem os danos e as necessidades advindas daqueles. Assim como, identificar as suas causas e construir planos de ação, objetivando o perdão e a reconciliação. Neste sentido, quando da justiça restaurativa aplicada no contexto escolar, concentra-se em ajudar os estudantes a compreenderem o verdadeiro dano causado por suas ações, a assumirem responsabilidades por tal comportamento, e a se comprometerem a mudar para melhor. Neste viés, busca-se a serventia da justiça restaurativa no ambiente escolar, devido ao crescimento de conflitos e de violências estruturais (bullying, baixo rendimento escolar, vandalismo, preconceitos e conflitos de toda a ordem), os qua interfere diretamente no convívio escolar e na construção do conhecimento pedagógico, do respeito mútuo e de laços afetivos e cooperativos entre estudantes e professores.

Biografia do Autor

FERNANDA SARTOR MEINERO, CENTRO UNIVERSITÁRIO DA SERRA GAÚCHA
Mestra em Direito e Sociedade pela Universidade La Salle e professora do Centro Universitário da Serra Gaúcha.
Publicado
2018-06-26
Seção
Grupo de Trabalho 1: Direitos Humanos e Transformação Social