IMPACTO AMBIENTAL DOS RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE NA PANDEMIA DA COVID-19

  • Júlia Boff Fabbris
  • Rochele Trevisan
  • Queli Defaveri Varela Cabanellos

Resumo

Os resíduos, sejam eles hospitalares, industriais, sólidos e outras variações, são considerados um problema para o meio ambiente que quando não descartados de forma correta podem causar um impacto à saúde e ao meio ambiente ainda maior (ALVARENGA & NICOLETTI, 2010; GOUVEIA, 2012).  O gerenciamento inadequado de resíduos pode afetar a saúde da população pela poluição ambiental e ocasionar possíveis transmissões de doenças contagiosas através de vetores. No lixo hospitalar, os riscos à saúde e ao ambiente aumentam e, no atual contexto da pandemia, também é necessário o descarte correto de possíveis objetos contaminados, como máscaras e luvas. O objetivo da pesquisa foi avaliar o gerenciamento e descarte de materiais de Equipamento de Proteção Individual (EPI’s) em locais que são potenciais geradores desse tipo de resíduo, como, postos de saúde, hospitais e farmácias.

Publicado
2020-12-11
Seção
GT7 (2020): Políticas Públicas para o Meio Ambiente e Direito à Cidade