Direito ao trabalho do preso: uma oportunidade de ressocialização e uma questão de responsabilidade social

  • Paula Julieta Jorge de Oliveira

Resumo

O direito de punir deve ter por base a utilidade social e a oportunidade de reintegração docondenado à sociedade é a consequência do reconhecimento da relevância dos direitos humanos eda estima ao valor supremo da Justiça. Ao utilizar a mão de obra prisional, a empresa deve atenderaos ditames de responsabilidade social e participação no processo de desenvolvimento da cidadania eresgate da dignidade do apenado, contribuindo para atender às expectativas sociais, com transparência,mantendo a coerência entre o discurso e a prática.Palavras-chave: Trabalho do preso. Ressocialização. Responsabilidade social.
Seção
Artigos da Revista