ESTRATÉGIAS DE GREEN IT E AS ATIVIDADES QUE PRODUZEM SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL

  • Fernando Oliveira Santini Pontificia Universidade Católica (PUC-RS)
  • Clecio Falcão Araujo Pontíficia Universidade Católica (PUC-RS)
  • Wagner Junior Ladeira Universidade Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS)
Palavras-chave: Green IT, estratégia e análise fatorial.

Resumo

O presente artigo teve como objetivo entender as atividades que produzem sustentabilidade ambiental no processo de produção de informação. Para isso, foi aplicado um questionário a 458 empregados, de 73 empresas localizadas em 20 setores diferentes do Rio Grande do Sul. Logo após, ocorreu a estimação de três fatores através da análise fatorial exploratória (AFE). A pesquisa empírica realizada permitiu ressaltar que a função da produção de informação é tida como fundamental para a gestão ambiental empresarial, mas esse fenômeno é mais complexo e menos linear quando entendidos dentro das práticas de Green IT. Nesse sentido, ficou evidente que as organizações dos respondentes localizam-se em diferentes estágios da linha evolutiva da gestão ambiental.

Biografia do Autor

Fernando Oliveira Santini, Pontificia Universidade Católica (PUC-RS)
Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Luterana do Brasil (2004), mestrado em Administração e Negócios pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2008) e doutorado em Administração - Pontifica Universidade Catolica do Rio Grande do Sul (2013). Atualmente é Coordenador dos Cursos de Pós Graduação e Extensão da Faculdade Senac além de ser Professor Visitante de diversas Instituições de Ensino do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em marketing.
Clecio Falcão Araujo, Pontíficia Universidade Católica (PUC-RS)
Doutorando em Administração e Negócios com ênfase em Marketing pela PUCRS. Mestre em Administração e Negócios com ênfase em Marketing pela PUCRS (2014). Possui graduação em Marketing pela Faculdade SENACRS (2011). Atua como Professor de pesquisa de Marketing na Faculdade SENACRS, é Pesquisador no Núcleo de Apoio a Gestão da Inovação (NAGI), foi bolsista CNPq PQA 2012-2014. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Marketing, atuando principalmente nos seguintes temas: Comportamento do Consumidor, Marketing Esportivo, Gestão da Experiência do Consumidor, Pesquisa Quantitativa, Meta-analise, Pesquisa Experimental, Validação de Instrumento e Pesquisas em Marketing. 
Wagner Junior Ladeira, Universidade Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS)
Possui graduação em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Viçosa (2003), mestrado em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006) e doutorado na área de Gestão de Tecnologia e Inovação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011). É professor na Universidade Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). É também professor de pós-graduação do Centro Universitário La Salle e da Faculdade de Tecnologia Senac-RS. Tem quase cem artigos publicados em períodicos e congressos e experiência na área de Administração, com ênfase em marketing, atuando principalmente nos seguintes temas: pesquisa quantitativa, gestão estratégica, marketing e projeto de pesquisa.
Publicado
2014-12-01
Seção
Artigos