JUSTIÇA ORGANIZACIONAL: Estudo da percepção de estudantes de Administração

Laís Karla da Silva Barreto, Chiara Ângela de Carvalho Sales, Jéssica Patrícia da Silva Miranda, Thereza Raquel Silva Oliveira

Resumo


O objetivo desse estudo foi caracterizar a justiça organizacional na percepção dos estudantes ingressantes e concluintes dos cursos de administração de Natal/RN e investigar a influência de uso de ferramentas de recompensas e remuneração no âmbito organizacional. Para o teste do modelo, foi realizado um estudo quantitativo com corte transversal em três instituições de ensino superior (IES), tendo aplicação do instrumento de pesquisa em um momento. A amostra foi composta por 262 acadêmicos das IES pesquisadas. Os resultados indicam que a justiça organizacional é um termo ainda pouco conhecido e também pouco explorado dentro das empresas, no que concerne ao emprego da justiça no ambiente das organizações, nota- se que há muito a ser feito, como emprego da justiça nas abordagens de equidade, distribuição e processos, bem como na implementação de usos que abranjam além dos planos de remuneração, benefícios e carreira. Com o produto final desta pesquisa as empresas podem ter respaldo para adequações no setor de gestão de pessoas buscando adequar-se as exigências do mercado.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.