MOTIVAÇÕES PARA PARTICIPAR DA ECONOMIA COLABORATIVA – UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE OS CONSUMIDORES DE BOA VISTA E PORTO ALEGRE

Alexandre Borba da Silveira, Jaqueline Silva da Rosa

Resumo


Uma das lacunas nos estudos de comportamento organizacional consiste em compreender as motivações que levam os consumidores a participarem de ações e negócios sustentados pela economia colaborativa, que veem alterando as tendências e hábitos de consumo atualmente no Brasil e no Mundo. Nesse sentido, o objetivo do estudo foi identificar as motivações que levam os consumidores a participarem da economia colaborativa. Foi realizada uma pesquisa comparativa do tipo qualitativa de caráter exploratória, com consumidores das cidades de Porto Alegre, estado do Rio Grande do Sul, e de Boa Vista, em Roraima. Após o estudo, de abordagem teórico-empírico, os resultados convergiram, indicando que as motivações, que conduzem à participação na economia colaborativa, nas duas cidades, se assentam no utilitarismo dos serviços e produtos. Às organizações de consumo colaborativo este estudo contribui ao demonstrar as motivações que conduzem os indivíduos a participarem deste formato econômico a fim de repensarem sobre as práticas que possam atender as motivações desse público. À área acadêmica, a contribuição vem no sentido de ampliar a discussão acerca dos motivadores de participação dos indivíduos de negócios sustentados pela economia colaborativa, em duas regiões distintas do Brasil. Esse estudo exploratório serve como base para estimular e incrementar novas investigações, que possam explicar mais detalhadamente o porquê da participação dos indivíduos no fenômeno da economia colaborativa. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.