INSERÇÃO DE APLICATIVOS E JOGOS NA CULTURA EMPRESARIAL

Henrique Bohnenberger, Jonas Utzig

Resumo


Este estudo aborda a inserção de aplicativos e jogos como aliados dos gestores na implantação de processos cada vez mais eficientes e desafiadores. A fim de concretizar tal estudo, buscou-se fundamento através de entrevistas e questionários aplicados aos gestores e colaboradores da Empresa DGT. Diversos fatores coexistem quando se opta pelo desenvolvimento de aplicativos e softwares associados a elementos de gamificação e suas respectivas estratégias de motivação no contexto corporativo. Em suma, o objetivo dessas aplicações no contexto empresarial é: obter alto nível de comprometimento dos funcionários, facilitar a introdução de mudanças na organização e estimular a inovação. A gamificação é apresentada como um conjunto de ferramentas capazes de não só apresentar alternativas tangíveis para lidar com os temas citados, como também sugerir um novo modo de enxergar as relações de trabalho entre as gerações. Para tanto, o objetivo deste artigo é avaliar os impactos na utilização de aplicativos e elementos de gamificação dentro da Empresa DGT e através disso, identificar de que maneira eles afetam os processos de gestão da companhia. Entre as contribuições evidenciadas, enfatiza-se que além da motivação, a produtividade pode ser ligeiramente otimizada tendo em vista que a utilização de aplicativos fornece informação em tempo real, diminui a perda de tempo no preenchimento de documentos e formulários e melhora a autoestima dos funcionários trazendo um ambiente lúdico (tão procurado no mundo virtual) ao ambiente organizacional.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.