SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL APLICADA A ANÁLISE DE CAPACIDADE E TESTES DE CENÁRIOS PRODUTIVOS PARA UMA SALA DE URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS DE UM HOSPITAL DE GRANDE PORTE

  • Fabrício Badalotti

Resumo

Este artigo apresenta um modelo de simulação computacional do fluxo de pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos em caráter de urgência ou emergência no Bloco Cirúrgico (BC) de um Hospital Universitário. O estudo é composto por: i) Definição dos elementos e etapas que influenciam o funcionamento da sala de Urgências e Emergências do Bloco Cirúrgico; ii) Coleta dos tempos das etapas do processo produtivo e definição de tempos característicos; iii) Geração do modelo de Simulação Computacional; iv) Geração de cenários alternativos para funcionamento do processo produtivo; e v) Análise dos cenários elaborados. Através destas etapas foi possível identificar os elementos do processo que mais impactam no atendimento desse perfil de pacientes, testando hipóteses alternativas de funcionamento da estrutura cirúrgica, avaliando seus resultados e propondo alterações no processo que permitam aprimoramentos no BC. Dentre os principais resultados alcançados destacam-se: i) desenvolvimento de um modelo computacional confiável para análise do processo de atendimento desse perfil de paciente; ii) identificação dos limites de capacidade produtiva da estrutura atualmente existente em diferentes cenários; iii) entendimento quantitativo de cenários produtivos para tomada de decisão; e iv) avaliação do impacto gerado por variações abruptas na demanda por procedimentos cirúrgicos bem como a capacidade de absorção da mesma pela estrutura atual.

Publicado
2018-03-25