ROTATIVIDADE E ABSENTEÍSMO: UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MACROSUL INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE PARAFUSOS LTDA

  • Deivis Cassiano Philereno Faculdade da Serra Gaúcha
  • Roberta Sgherri FSG
Palavras-chave: Rotatividade. Absenteísmo. Satisfação. Pesquisa de clima organizacional

Resumo

 

A rotatividade pode ser definida, segundo Pomi (2005), como o movimento de entradas e saídas, admissões e demissões de profissionais de uma empresa, num determinado período. Já, o absenteísmo, conforme Marras (2000), trata-se das faltas no trabalho, assim como atrasos e saídas antecipadas num determinado período. Ressalta-se que a rotatividade e o absenteísmo geram custos com a constante entrada e saída de novos colaboradores para a empresa, e também afetam a qualidade e a produtividade. Em virtude disso, o presente trabalho visa a identificar os fatores causadores da rotatividade e o absenteísmo na empresa Macrosul Indústria e Comércio de Parafusos Ltda. A metodologia adotada é o estudo de caso de método quali-quanti e técnica exploratória. Os resultados do estudo demonstram que os colaboradores estão insatisfeitos com a política de remuneração e benefícios, com a forma de crescimento e reconhecimento que a empresa realiza, bem como a comunicação que existe na empresa, entre outros. Cabe salientar que as pesquisas de clima organizacional, dos três últimos anos, na média geral, estão dentro da meta estipulada pela direção, que é de 80%, por outro lado, todos os blocos analisados neste estudo ficaram inferiores à meta. Constatou-se. com isso. que a pesquisa de clima é realizada de forma errada ou tendenciosa, sugere-se que a empresa contrate um especialista externo para fazer sua aplicação, de forma que os resultados da pesquisa sejam mais precisos.

Biografia do Autor

Deivis Cassiano Philereno, Faculdade da Serra Gaúcha
Roberta Sgherri, FSG