GESTÃO DE INDICADORES EM TEMPOS DE CRISE – ESTUDO DE CASO EM DUAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS DE CAXIAS DO SUL

  • Luciano Francisco Ribeiro Faculdade da Serra Gaúcha - FSG
  • Marcelo Possamai de Camargo
  • Karen Menger da Silva Guerreiro

Resumo

O cenário econômico e político atual brasileiro tem se apresentado cada vez mais desafiador para a sobrevivência e a competitividade das organizações. A crise dos últimos três anos gerou uma situação até então sem precedentes na economia de Caxias do Sul, neste período foram fechados em torno de 25 mil postos de trabalho, a maioria na indústria metalúrgica conforme Roberto; Hunoff, (2017). Neste contexto, a gestão dos indicadores tem a importante função de medir e indicar a situação econômica, financeira e a performance dos processos das organizações, possibilitando otimizar a gestão do negócio, reduzir e eliminar os desperdícios existentes nos processos. A prática de gestão por indicadores se tornou imprescindível para a permanência no mercado de forma sustentável e competitiva auxiliando as empresas na tomada de decisões e escolha de ferramentas que auxiliem a melhorar a produtividade, eficiência e aumentar lucratividade através de melhores práticas de gestão. O artigo apresenta um estudo de caso realizado em duas empresas da região Sul, onde buscou-se estudar as práticas de gestão adotadas durante o período de crise para melhorar ou minimizar os impactos nos resultados das organizações. Caracteriza-se, quanto aos aspectos metodológicos, como uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa e método de estudo de caso. Os dados foram provenientes da aplicação de entrevistas, pesquisa documental e observação, segundo Gil (2008), em duas empresas do ramo metalúrgico. Os resultados deverão apontar os indicadores e as práticas de gestão utilizadas nos níveis estratégico, tático e operacional do negócio.
Publicado
2018-08-09