Administração de conflitos: Um estudo de caso no grupo de danças do CTG Campo dos Bugres, da Pérola das Colônias, participante do Enart

  • Marindia Onzi Faculdade da Serra Gaúcha
  • Margareth Inês Motter Caregnatto Faculdade da Serra Gaúcha
Palavras-chave: conflito, conflito interpessoal, equipe, grupo, liderança

Resumo

O conflito é considerado parte inerente de qualquer organização ou equipe. Assim sendo, o propósito deste trabalho é analisar a influência dos conflitos interpessoais no desempenho dos participantes do grupo de danças do Centro de Tradições Gaúcha Campo dos Bugres, participante do maior festival artístico-cultural amador da América Latina, o ENART, identificando os tipos de conflitos que o grupo enfrenta, quais as variáveis que causam os conflitos e sua interferência no alcance dos objetivos do grupo, levantados pelos próprios dançarinos, coordenadores e músicos. Primeiramente, revisa-se a fundamentação teórica relacionada ao tema, cujos autores principais que fundamentam este assunto são: Martinelli (1998), Moscovici (1985, 1998 e 1999), Rahim (1983, 1986 e 2000) e Robbins (2003 e 2005). A seguir, explana-se sobre os objetivos propostos pela pesquisa e a metodologia aplicada. Concluindo, os resultados mostram que nem sempre o conflito interpessoal influencia negativamente no desempenho da equipe, devendo ser controlado pelo líder para não influenciar negativamente no trabalho.

Biografia do Autor

Marindia Onzi, Faculdade da Serra Gaúcha

ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS - GESTÃO DE PESSOAS

Margareth Inês Motter Caregnatto, Faculdade da Serra Gaúcha
Publicado
2014-09-23