A INFLUÊNCIA DO CLIMA MOTIVACIONAL PARA MAESTRIA NAS HABILIDADES MOTORAS FUNDAMENTAIS: ÊNFASE NA PATINAÇÃO ARTÍSTICA

LAZZARONI P. M., BANDEIRA F. R., ZANELLA L. W., VALENTINI N. C.

Resumo


Estudos tem reportado baixos níveis de desempenho motor em crianças. Com intuito de potencializar o desenvolvimento pesquisadores sugerem a implementação de programas interventivos para compensar atrasos motores quando estes são diagnosticados. Diferentes metodologias têm sido implementadas entretanto na atualidade benefícios motores efetivos tem sido reportados em crianças que implementam o clima e motivação para maestria na aprendizagem motora. Até o presente momento, não foram encontrados estudos científicos que reportaram os benefícios desse  clima  na patinação. Objetivo: verificar a influência de um programa de intervenção motora com o clima motivacional para maestria no ensino da patinação artística no desempenho das habilidades motoras fundamentais. Métodos: Participaram do estudo 40 meninas (5 a 11 anos), organizadas em grupo educação física (GE) (n=20 M=6.96 DP=0.71) e grupo patinação (GP) (n=20 M=7.59 DP=1.35), provenientes de escolas pública e privada. As meninas dos dois grupos foram avaliadas com o Test of Gross Motor Development – Third Edition na pré e pós-intervenção. O GP participou de 20 aulas de patinação com Clima de Motivação Orientado para Maestria, enquanto o grupo GE manteve aulas de Educação Física regulares. General Linear Model com medidas repetidas e Post-hoc Tests foram utilizados. Resultados: Os resultados indicaram: (1) Interações significativas tempo x intervenção para habilidades de locomoção e controle de objetos; (2) GP demonstrou desempenho superior ao GE no momento pós intervenção em saltito, corrida lateral, rebater com as duas mãos, rebater com uma mão, quicar, chutar, arremesso por baixo e no subteste CO,(p<0.005); (3) no GP crianças com mais tempo de prática apresentaram desempenho superior no pos intervenção na corrida lateral e arremesso por baixo (p<0.05) comparada as cirancas com menor tempo de pratica; (4) ao longo do tempo, o GP apresentou mudanças positivas e significativas na, corrida, galope, salto horizontal, corrida lateral, receber, chutar, arremessar por cima, e nos  subtestes LOC e CO (p<0.05); (5) no GP crianças  com mais tempo de prática apresentaram mudanças positivas e significativas da pré- para a pós-intervenção no, corrida, galope, corrida lateral, chute e subteste de CO (6) no GP crianças com menos tempo de prática apresentaram mudanças positivas e significativas do pre para ao pos intervenção na corrida, salto horizontal, chute,| arremesso por cima e subteste de LOC e total scores (p<0.05). Conclusão: Os resultados demonstraram que a metodologia usada foi eficaz em promover ganhos motores em habilidades de locomoção e controle de objetos juntamente com a prática da patinação artística.


Palavras-chave


patinação; intervenção precoce; destreza motora; criança.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.