RELATO DE EXPERIÊNCIA: ATENDIMENTOS NUTRICIONAIS AO PÚBLICO PRATICANTE DE EXERCÍCIOS FÍSICOS

  • Morgana Agostini FSG
  • Joana Zanotti FSG
  • Ana Lúcia Hoefel FSG

Resumo

INTRODUÇÃO: Devido as mudanças no estilo de vida, hábitos alimentares, práticas de exercícios e atividades físicas, a população vem sofrendo alterações no estado nutricional, em consequência disso, tem crescido significativamente os casos de sobrepeso e obesidade. Por esta razão, o interesse em frequentar academias de ginástica e realizar algum exercício físico se tornou algo importante e cada vez mais frequente na rotina de muitas pessoas (DINIZ JÚNIOR, et al., 2010). Além da prática esportiva, a alimentação balanceada permite ao indivíduo a melhor forma de atingir seu objetivo, tanto estéticos, de performance ou qualidade de vida (CARDOSO, MADERS e VIEIRA, 2016). O objetivo deste relato é descrever as atividades desenvolvidas por um bolsista de Nutrição em um Projeto intitulado Nutrição Esportiva, oferecido pelo Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA: A taxa metabólica basal de um adulto sedentário corresponde de 60 a 70% do gasto energético diário, sendo influenciado pelo tamanho e composição corporal. O gasto energético através da atividade física é variável conforme cada indivíduo, representando 15 a 50% do gasto energético diário, sendo necessário considerar duração, intensidade, nível de condicionamento físico e alimentação (ALVES, et al., 2013). O indivíduo fisicamente ativo necessita de uma alimentação adequada, com o fornecimento equilibrado e suficiente de nutrientes para aprimorar o desempenho durante o exercício, melhorar desempenho físico, promover recuperação muscular, prevenir lesões e manter saudável o sistema imunológico (MCARDLE, KATCH, KATCH, 2014). MATERIAL E MÉTODOS: O presente trabalho faz parte de uma atividade extensionista, a qual relata a experiência de uma acadêmica na vivência prática do profissional nutricionista, em âmbito clínico nutricional, com enfoque em nutrição esportiva. O projeto é vinculado com o Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG), ofertado a população em geral praticante de exercícios físicos desde o ano de 2015. Porém este estudo contabilizou as consultas a partir do ano de 2017. RESULTADOS E DISCUSSÕES: De março a agosto de 2017 foram realizados 83 atendimentos nutricionais, contabilizando 22 atendimentos de primeira avaliação e 61 retornos. O projeto possuí atualmente uma média de 12,5 atendimentos ao mês com um total de 15 pacientes ativos. Destes, 10 pacientes do sexo feminino, 9 mulheres com faixa etária de 19 a 54 anos e 1 adolescente de 17 anos e, 5 pacientes do sexo masculino, todos com faixa etária de 19 a 44 anos. Neste período, 9 pacientes não aderiram aos atendimentos, o correspondente a 40,9% do total, destes, 55,5% (n=5) realizaram 2 atendimentos e 44,44% (n=4) realizaram 3 atendimentos. CONCLUSÃO: Diante deste estudo verifica-se o interesse na população em buscar auxílio nutricional com o exercício físico associado, também se identifica, na maioria dos casos, o interesse estético como o principal objetivo. A experiência relatada é muito importante e tem papel fundamental na vida do acadêmico, contribuí com o desenvolvimento profissional e social, otimizando habilidades que já podem ser executadas antes mesmo da formação.

Biografia do Autor

Morgana Agostini, FSG

Graduanda de Nutrição, Centro Universitário da Serra Gaúcha, FSG.

Joana Zanotti, FSG
Docente do Centro Universitário da Serra Gaúcha, FSG.
Ana Lúcia Hoefel, FSG

Docente do Centro Universitário da Serra Gaúcha, FSG.

Publicado
2017-10-27