CONSTRUÇÃO DE UMA CARTILHA DE PRIMEIROS SOCORROS NA INFÂNCIA: um relato de experiência

  • Fabiano De Faveri Faculdade da Serra Gaúcha
  • Michele da Silva Gautério Machado
  • Natália Zanzi

Resumo

INTRODUÇÃO: Os primeiros socorros referem-se ao atendimento temporário e imediato de uma pessoa que está ferida ou que adoece repentinamente. Também incluem reconhecer condições que põem a vida em risco e tomar as atitudes necessárias para manter a vítima viva e na melhor condição possível até que se obtenha atendimento médico. Os primeiros socorros não substituem o médico ou o enfermeiro, na verdade, um dos principais fundamentos dos primeiros socorros é a obtenção de assistência médica em todos os casos de lesão grave. As situações de emergência ocorrem com certa frequência e exigem uma atuação rápida. No entanto, quando acontecem, as reações são as mais diversas, pois algumas pessoas não se manifestam porque não sabem que fazer, enquanto outras, sabendo ou não o que fazer permanecem estáticas, paralisadas pelo pânico ou pelo medo, incapazes de tomar qualquer atitude. Outras, ainda, reagem corajosamente e enfrentam a situação, mesmo desconhecendo a melhor forma de fazê-lo, podendo assim provocar novas lesões no acidentado. No espaço escolar, os acidentes constituem preocupação constante, sendo fundamental que os professores e aqueles que cuidam das crianças saibam como agir frente a esses eventos, como evitá-los e como ministrar os primeiros socorros, procurando, assim, evitar as complicações decorrentes de procedimentos inadequados, o que pode garantir a melhor evolução e prognóstico das lesões. O objetivo do estudo foi O objetivo deste trabalho foi elaborar uma Cartilha Eletrônica, constando orientações para Primeiros Socorros na Escola e disponibilizá-la às escolas da cidade de Nova Roma do Sul-RS e Caxias do Sul-RS. MATERIAL E MÉTODOS: Trata-se de um relato de experiência, proveniente da Atividade Prática Supervisionada, sobre a realização de uma Cartilha Eletrônica, constando orientações para Primeiros Socorros na Escola, realizada por acadêmicas do Curso de Enfermagem, da disciplina de Semiologia e Semiotécnica da Enfermagem. Este trabalho foi desenvolvido inicialmente através de pesquisas bibliográfica sobre a temática Primeiros Socorros na Escola.  RESULTADOS E DISCUSSÕES: Após levantamento do material, elaborou-se a cartilha eletrônica, abordando os principais acidentes que acontecem na escola e os primeiros socorros a serem prestados. Na sequência, foi encaminhada a mesma, por e-mail, às representantes de três (03) escolas de Nova Roma do Sul- RS, e para mais oitenta e seis (86) escolas municipais da cidade de Caxias do Sul- RS, sendo que das escolas que retornaram o e-mail, o parecer foi positivo, reforçando que o material seria útil para o manejo de tais situações no dia-a-dia. CONCLUSÃO: Após a realização deste estudo, entende-se que o objetivo foi alcançado, pois o retorno das escolas envolvidas foi positivo quanto ao uso do material, no cotidiano das atividades. Assim, essa cartilha digital poderá servir como guia para a prática dos primeiros socorros, pois apresenta um conjunto de informações e técnicas sobre as formas de agir em situações de emergência, mostrando como prestar o primeiro atendimento a vítima.

Biografia do Autor

Fabiano De Faveri, Faculdade da Serra Gaúcha
Enfermeiro pela Universidade de Caxias do Sul (2001). Mestre em Enfermagem pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Especialista em Oncologia Básica e Clínica, pela ULBRA. Coordenador do Instituto Integrado de Saúde da Faculdade da Serra Gaúcha. Docente do curso de Bacharelado em Enfermagem da Faculdade da Serra Gaúcha, ministrando a disciplina de Gerenciamento em Enfermagem e dos Saúde, Trabalho de Conclusão de Curso e Estágio Curricular. Atualmente coordenada o Instituto Integrado de Saúde da Faculdade da Serra Gaúcha. Tem experiência na área de enfermagem, atuando principalmente nos seguintes temas: gerenciamento em enfermagem, qualidade nos serviços de saúde, segurança do paciente, enfermagem oncológica e enfermagem clínica-cirúrgica.
Publicado
2017-10-27