FREQUÊNCIA DO CONSUMO DE ALIMENTOS INDUSTRIALIZADOS POR ADOLESCENTES ACOMPANHADOS PELO SISVAN NO MUNICÍPIO DE CAXIAS DO SUL-RS NOS ANOS DE 2009 A 2016.

  • Tamar Teixeira Velho FSG
  • Joana Zanotti FSG

Resumo

Objetivo: Estimar o consumo de alimentos industrializados ultra processados de adolescentes acompanhados pelo Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional no município de Caxias do Sul-RS durante os anos de 2009 a 2016. Métodos: Trata-se de um estudo transversal com dados secundários de um banco de dados público.  A frequência do consumo de alimentos industrializados de 2.028 adolescentes foi avaliada. Resultados: Encontramos que houve maior consumo de hambúrguer e embutidos nos adolescentes do sexo masculino e maior consumo de biscoitos doces e salgadas, salgadinho de pacote, macarrão instantâneo, guloseimas e chocolate nos adolescentes do sexo feminino. Conclusão: O estudo concluí que há alta prevalência de consumo de alimentos industrializados nos adolescentes avaliados entre os anos de 2009 a 2016.

Biografia do Autor

Tamar Teixeira Velho, FSG

Graduada em Nutrição, UCS. Pós-Graduanda em Nutrição Esportiva e Fisiologia do Exercício, Centro Universitário da Serra Gaúcha, FSG.

Joana Zanotti, FSG
Mestra em Ciências Médicas, UFRGS. Docente do Centro Universitário da Serra Gaúcha, FSG.
Publicado
2017-10-27