MODA COMO LINGUAGEM: O GOSTO PELO EXCÊNTRICO E O DESIGN DO ADORNO NAS RELIGIÕES AFRO-BRASILEIRAS

  • Débora Bresolin Bregolin UCS - Universidade de Caxias do Sul
  • Rafael José dos Santos Universidade de Caxias do Sul

Resumo

Nos últimos anos, observamos um aumento no trânsito de materiais do universo religioso, transpassando barreiras que poderiam os limitar, transmutando limites entre o profano e o sagrado. A moda atua como linguagem em um universo repleto de significados, signos, ícones e palavras. O presente trabalho, é resultado de um recorte do processo de escrita da dissertação de mestrado, que visa observar os trânsitos entre o profano e o sagrado de diferentes bens materiais, tendo como foco a Moda, como fator de comunicação e linguagem, observando e salientando os conceitos de indivíduos, singularidades, gosto pelo excêntrico e adorno, dentro da religião do Candomblé.

Biografia do Autor

Débora Bresolin Bregolin, UCS - Universidade de Caxias do Sul
Graduada em Design de Moda, Mestranda em Letras e Cultura, na área de processos culturais
Publicado
2017-10-27