ESTUDO IN VITRO DA CONTAMINAÇÃO CRUZADA ENTRE DENTIFRÍCIO E ESCOVA DENTAL

  • Arnaldo Tamir Ramos Centro Universitário da Serra Gaúcha
  • Adriana Aguzzoli
  • Alexandra Flávia Gazzoni

Resumo

A técnica de higiene bucal indicada mundialmente é a utilização de escova dental associada ao creme dental com dentifrício, sendo que a escova dental é um instrumento essencial para remoção de biofilme e consequentemente tem papel importante na prevenção de doenças bucais. Estudos comprovam que este instrumento sofre a contaminação de diversos microrganismos. Essa contaminação ocorre pela escovação, pelo ambiente ou por contaminação cruzada, devido ao armazenamento dessas escovas. Este estudo tem como objetivo de elucidar se é possível que os microrganismos Pseudomonas, Escherichia coli, Streptococcus pyogenes e Klebsiella presentes em uma escova contaminada são capazes de serem transmitidos ao creme dental e/ou se, o creme dental pode servir de via para a contaminação cruzada de outras escovas.  

Biografia do Autor

Arnaldo Tamir Ramos, Centro Universitário da Serra Gaúcha
Graduando do curso de Odontologia do Centro Universitário da Serra Gaúcha
Publicado
2017-10-27