Percepção de Pacientes Tabagistas Sobre o Seu Próprio Hálito

  • Gabriela Ferreira Centro Universitário da Serra Gaúcha
  • Gabriela Ferreira

Resumo

A palavra halitose deriva do latim halitus, que significa ar expirado (hálito), e do sufixo grego osis, que significa alteração patológica. Ela tem se tornado um motivo de grande preocupação da população devido ao fato de afetar a vida social do indivíduo, afetiva e profissionalmente, refletindo na sua saúde emocional. Possui um difícil diagnóstico devido às causas multifatoriais que podem gerar esta patologia, porém, cerca de 90% dos casos de halitose são de origem bucal, oriundos de uma má higienização oral, principalmente das faces proximais dos dentes e da língua. Portanto, o objetivo do presente estudo é avaliar se, na percepção dos pacientes tabagistas que comparecerem à clínica de triagem do Centro Universitário da Serra Gaúcha, o tabaco altera o hálito e a autopercepção dos pacientes sobre o próprio hálito.
Publicado
2017-10-27