SÍNDROME DE COUVADE: UMA PATERNIDADE ATIVA

  • Gleizieli Ascari FSG Centro Universitário
  • Ione Barison Venturin FSG Centro Universitário
  • Lorenza Pelliccioli FSG Centro Universitário
  • Rossano Sartori Dal Molin FSG Centro Universitário

Resumo

O presente artigo é uma revisão bibliográfica sobre a síndrome de couvade onde o homem quando envolvido com o período gestacional de sua parceira pode desenvolver sintomas semelhantes ao de uma gestação, como náuseas, vômito e aumento de peso, porém esses sintomas tendem a diminuir ou sumir, após o nascimento do bebê ou até mesmo antes. O termo couvade foi citado pela primeira vez em 1865, pelo antropólogo britânico Edward Burnett Tylor, que deriva do francês “couver” que significa chocar. Ainda não se tem um diagnóstico específico para a síndrome de couvade, e há uma grande escassez de artigos e pesquisas que abordem tal síndrome.
Publicado
2018-12-28