EFEITOS DA FORACLUSÃO DO NOME DO PAI, A PARTIR DA FICÇÃO EM BATES MOTEL

  • CAMILA DE FREITAS MORAES CENTRO UNIVERSITÁRIO DA SERRA GAÚCHA - FSG
  • TAYNAH SILVA DE AVIZ Faculdade Integrada Brasil Amazônia – FIBRA
  • RUDIMAR MENDES

Resumo

ARTIGOS

 

Algumas considerações sobre o sujeito na psicose

 

 

Gabriela Rinaldi Meyer

Psicanalista; Mestre em Teoria Psicanalítica pela UFRJ; Doutora em Psicologia Clínica pela USP; Psicóloga do CAPS Clarice Lispector gabide@uol.com.br

 

 

RESUMO

Faz-se uma reflexão a partir da Série de TV Bates Motel (2013) sobre a questão do personagem Norman Bates apresentar uma alienação materna, tal hipótese é sustentada a partir dos conceitos psicanalíticos de Freud e Lacan sobre à questão da Lei Paterna e a Foraclusão do Nome do Pai na estrutura psicótica. Sendo assim, serão discutidos os conceitos freudianos do Complexo de Édipo enquanto função de interdito na relação pretensamente incestuosa entre mãe e bebê e a posteriori, os conceitos lacanianos de linguagem, alienação e sepração para se pensar a temática em comento.


da fala e do modo como esta é endereçada ao outro na clínica que podemos escutar e identificar o sujeito. Na medida que o sujeito é falante, sua relação com o outro não se fecha numa relação dual, já que inclui um terceiro, o grande Outro. É esta relação que nos oferece o caminho para investigar o que é específico do sujeito na psicose, o que é trabalhado por meio da análise de um fragmento clínico.

Biografia do Autor

CAMILA DE FREITAS MORAES, CENTRO UNIVERSITÁRIO DA SERRA GAÚCHA - FSG

Psicóloga pela Escola Superior da Amazônia- Esamaz (Belém, PA, Brasil, ano de 2015). Analista Membro da Escola de Estudos Psicanalíticos FreudLacan (Caxias do Sul, RS, Brasil). Especializanda em Saúde Mental pelo centro Universitário da Serra Gaúcha –FSG (Caxias do Sul, RS, Brasil). Exerce atendimento clínico psicanalítico em consultório particular (desde 2015).

TAYNAH SILVA DE AVIZ, Faculdade Integrada Brasil Amazônia – FIBRA
Psicóloga, graduada pela Escola Superior da Amazônia- ESAMAZ; Especialista em Psicologia Jurídica pela Faculdade Integrada Brasil Amazônia – FIBRA
RUDIMAR MENDES

Psicanalista, psicólogo e professor. Mestre em Filosofia pela Universidade do Vale dos Sinos sob orientação do prof. Mario Fleig, PhD. (2005-2007). Especialização em Psicanálise: Teoria e Técnica pela Universidade do Vale do Sinos (2017 - em andamento). Graduado em Psicologia pela Universidade de Caxias do Sul (1994 -1999). Graduado em Filosofia pela Universidade de Caxias do Sul (1995 - em andamento). É professor dos cursos de graduação e pós-graduação em psicologia do Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG (desde 2007). Analista Membro da Escola de Estudos Psicanalíticos, ministra estudos, seminários e supervisão clínica. Exerce atendimento clínico psicanalítico em consultório particular (desde 1999). Temas de seu interesse: Teoria e técnica psicanalítica. Entre saberes com a psicanálise: Arte, cinema, filosofia e literatura.

 

Publicado
2019-01-04