APLICAÇÃO DE EICHHORNIA CRASSIPES (AGUAPÉ) EM WETLANDS CONSTRUÍDOS PARA O TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS

  • Angelica Bernardi Moreira Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG
  • Amanda Brisotto Clemes Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG
  • Liziane Bertotti Crippa Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG

Resumo

Devido ao aumento da produção de águas residuárias faz-se necessário a procura por tecnologias de tratamento que sejam de baixo custo e boa eficiência. Os wetlands construídos, que consiste no tratamento de águas residuárias com o uso de plantas macrófitas aquáticas, é uma tecnologia simples, com fácil manutenção e operação, e baixo custo de implantação. Estudos realizados destacam o uso da macrófita Eichhornia crassipes, popularmente conhecida como aguapé, para esse sistema de tratamento. A aguapé é uma macrófita aquática flutuante capaz de resistir a águas altamente poluídas e apresenta eficiência na remoção de matéria orgânica e nutrientes, como fósforo e nitrogênio. Com isso, através de pesquisas feitas em artigos acadêmicos e experimentos, o presente artigo tem o enfoque de demonstrar o potencial de tratamento obtido pelo aguapé em sistemas de wetlands construídos.

Publicado
2019-01-04
Seção
Arquitetura, Design e Engenharias - Artigo Completo