ANÁLISE PRELIMINAR DE MATERIAIS DISPONÍVEIS NA INTERNET SOBRE DIETAS LOW CARB

  • Cassiane Kellermann Alves Centro Universitário FSG
  • Angélica Tartaroti Centro Universitário FSG
  • Ana Paula Cioatto Centro Universitário FSG
  • Patrícia Rech Centro Universitário FSG
  • Débora Furtado Centro Universitário FSG
  • Gabriela Mognon Centro Universitário FSG
  • Roberta Bristot Silvestrin Centro Universitário FSG

Resumo

INTRODUÇÃO:  Dietas Low Carb consistem, resumidamente, em diminuir a ingestão de carboidratos, visto que estes estimulam o acúmulo de gordura. Desta forma, podem ser uma boa estratégia diminuir para aqueles que buscam perda de peso ou diminuição de massa gorda. Justamente por isso, dietas Low Carb são um dos assuntos mais abordados atualmente em redes sociais (blogs, sites, instagram, youtube, facebook..). OBJETIVO: Realizar análise crítica de websites, blogs e outros materiais disponíveis na internet que abordem dietas Low Carb. MATERIAL E MÉTODOS: Foi elaborado um formulário com parâmetros a serem avaliados utilizando-se a ferramenta de formulários do Google. Realizou-se pesquisa no site de busca Google utilizando-se o termo "low carb" e foram selecionados os sites e blogs que abordassem preferencialmente dietas low carb e que estivessem em língua portuguesa nas 2 primeiras páginas de resultados. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Dos 8 maateriais analisados, 5 (62,5%) eram blogs e 3 eram sites, os quais reuniam temas como: Estilo de vida, dietas e receitas em geral, nutrição, saúde e qualidade de vida e assuntos diversificados e, como esperado, grande parte do material (62,5%) apresentava diversas receitas low carb. Apesar de 62,5% das páginas visitadas conterem informações sobre a importância das fibras, apenas (50%) das páginas mencionava os efeitos iniciais da dieta proposta que podem incluir dor de cabeça e fraqueza. O que chama mais atenção é o fato de que a maioria dos sites (62,5%) não era administrada por especialistas, mas por pessoas que fizeram a dieta e tiveram bons resultados. Desta forma, somente 25% eram administrados por médicos e apenas 12,5% por nutricionistas. Mais ainda, somente metade das páginas alertava sobre a importância de procurar um especialista na área de nutrição e 75% vendia algum produto. CONCLUSÃO: A busca por emagrecimento fácil e a pouca disponibilidade de material científico em língua portuguesa sobre dietas low carb faz com que sites e blogs genéricos sirvam de fonte de informação para muitas pessoas. A alta frequência de venda de produtos nos sites avaliados e ausência de indicação para buscar acompanhamento profissional levantam dúvidas quanto ao real objetivo das informações fornecidas. As informações são passadas de forma geral e sem especificar os possíveis riscos de uma dieta sem um acompanhamento profissional. Os resultados obtidos nos permitem sugerir que a busca de informações sobre dieta low carb na internet deve ser feita com cautela e reforça a importância da orientação profissional especializada quando da realização de dietas. Por fim, análises mais detalhadas e abrangendo número maior de materiais devem ser realizadas.

Biografia do Autor

Cassiane Kellermann Alves, Centro Universitário FSG
Acadêmica do curso de nutrição
Angélica Tartaroti, Centro Universitário FSG
Acadêmica do curso de nutrição
Ana Paula Cioatto, Centro Universitário FSG

Acadêmica do curso de nutrição

Patrícia Rech, Centro Universitário FSG

Acadêmica do curso de nutrição

Débora Furtado, Centro Universitário FSG

Acadêmica do curso de nutrição

Gabriela Mognon, Centro Universitário FSG
Acadêmica do curso de nutrição
Roberta Bristot Silvestrin, Centro Universitário FSG
Professora do Centro de Saúde da FSG
Publicado
2018-12-28