MORTALIDADE MATERNA

  • Maria Luiza Souza Vargas
  • Rossano Sartori Dal Molin

Resumo

A Mortalidade Materna é um problema de saúde pública global e é definida como a morte de uma mulher durante a gestação ou dentro de um período de 42 dias após o término da gravidez. Todos os anos, mundialmente, estima-se que mais de 500.000 mulheres morram de complicações relacionadas à gravidez, parto e puerpério. A pesquisa realizada teve como tema as principais causas de mortalidade materna no período puerperal, e correlacionar aos dados epidemiológicos do Brasil e a nível mundial. Com isso, foi avaliado que, em 2017, a causa com maior notificação de morte materna foi hipertensão materna, com 278, sendo a hemorragia a causa mais evitável de morte materna no mundo. No Brasil, a Região Sudeste possui o maior número de óbitos, com 562, e um terço de todas as mortes maternas acontece em apenas dois países, sendo a Índia com 20% do total, e Nigéria com 14%.

Publicado
2018-12-28