O PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA MORTALIDADE INFANTIL NO MUNICÍPIO DE CAXIAS DO SUL

Resumo

Objetivo: Identificar o perfil epidemiológico da mortalidade infantil do município de Caxias do Sul – RS e relacionar com a importância da consulta de enfermagem para a prevenção. Método: estudo do tipo quantitativo, transversal, retrospectivo, descritiva. Utilizado dados de óbitos infantis de até 1 ano, residentes no município, nos anos de 2015 a 2017. Foram analisados através da estatística descritiva e apresentados em tabelas com valores absoluto e real e em percentual. Por ter utilizado banco de dados secundários, não foi submetido à apreciação do Comitê de Ética em Pesquisa, porém aprovado pelo NEPS. Resultados: Foram notificados 173 (100%) óbitos infantis. Percebe-se a prevalência de óbitos em neonatal precoce (53,53%), predominantemente no sexo masculino (54,34%) e particularmente em recém-nascidos com baixo peso (53,22%). Conclusão: Evidenciou a importância da investigação dos óbitos infantis, apontando para os agravos em todo o processo gravídico e infantil. Permitindo ao enfermeiro, a intervir no cuidado.

Publicado
2020-02-17
Seção
Saúde e Ciências Agroveterinárias - Artigo Completo