ANÁLISE DA SUBJETIVIDADE DA MULHER EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

  • Flávia Focchesatto Bica FSG
  • Adriane Zanotto
  • Ediane Basso
  • Eduarda Becker
  • Sandra Adelina Giacomini

Resumo

Em consonância com os aspectos sociais e culturais da atualidade, a mulher que vive em situação de violência doméstica sofre não só com sua vulnerabilidade, bem como com poder sociocultural que sob ela é exercido para, por vezes, continuar em relacionamentos vistos como tóxicos. Ainda, é importante mencionar que tais situações ocasionam traumas em sua psique – os quais não foram superados pelo advento da legislação protecionista. Neste sentido, a psicologia social, bem como a forense, vêm contribuindo para garantir uma melhoria na saúde mental, sendo estas utilizadas como ferramentas para um aumento de autoestima e da construção da autonomia feminina. Para tanto, foi feita uma pesquisa de revisão da literatura, com pesquisa bibliográfica em livros, artigos e periódicos.Em consonância com os aspectos sociais e culturais da atualidade, a mulher que vive em situação de violência doméstica sofre não só com sua vulnerabilidade, bem como com poder sociocultural que sob ela é exercido para, por vezes, continuar em relacionamentos vistos como tóxicos. Ainda, é importante mencionar que tais situações ocasionam traumas em sua psique – os quais não foram superados pelo advento da legislação protecionista. Neste sentido, a psicologia social, bem como a forense, vêm contribuindo para garantir uma melhoria na saúde mental, sendo estas utilizadas como ferramentas para um aumento de autoestima e da construção da autonomia feminina. Para tanto, foi feita uma pesquisa de revisão da literatura, com pesquisa bibliográfica em livros, artigos e periódicos.

Publicado
2020-02-10
Seção
Saúde e Ciências Agroveterinárias - Artigo Completo