DESEMPENHO MOTOR E PERCEPÇÃO DE COMPETÊNCIA EM CRIANÇAS DE 6 AOS 8 ANOS COM VULNERABILIDADE SOCIAL DE CAXIAS DO SUL/RS

  • Douglas De Oliveira Centro Universitário da Serra Gaúcha-FSG
  • Leonardo Scotti
  • Valéria Heydrich

Resumo

Objetivo: o objetivo geral desta pesquisa é analisar o desempenho motor e percepção de competência de crianças de 6 a 8 anos com vulnerabilidade social. Métodos: Trata-se de um estudo transversal descritivo-analítico, que pretende avaliar desempenho motor), e a percepção de competência das crianças com vulnerabilidade social de Caxias do Sul/RS. O instrumento metodológico para a coleta de dados KTK (Körperkoordinationstest Für Kinder), que tem o propósito de medir a coordenação motora através da coordenação com pressão da precisão, da complexidade e do tempo. Dessa maneira foi utilizado também aplicou-se o Self Perception Profile for Children (SPPC), instrumento que avaliou a competência percebida de crianças. Resultados: O estudo encontrou que as crianças possuem uma percepção de competência alta, havendo diferenças significativas entre o sexo feminino e masculino. Entretanto no desempenho motor teve-se que as crianças estão com coordenação normal, todavia havendo alguma delas com comprometimento em sua coordenação, ressalta-se ainda que houve diferenças nos sexos também. Conclusão: Através dos resultados conclui-se que as crianças necessitam de mais estímulos para que elas possam desenvolve-se integramente todas as suas habilidades.  Visto que as porcentagens encontradas com comprometimento na coordenação necessitam de maior atenção por parte dos profissionais da educação física.

Publicado
2020-02-17
Seção
Saúde e Ciências Agroveterinárias - Artigo Completo