AVALIAÇÃO DA OSCILAÇÃO POSTURAL EM IDOSOS AGRICULTORES DA ZONA RURAL DE GARIBALDI/RS

  • Silvana Marodin
  • Júlia Tartarotti Mandelli
  • Norberto Luiz Souto Neto
  • Gisele Oltramari
  • Renata D`Agostini Nicolini-Panisson Centro Universitário da Serra Gaúcha/ Professora Doutora Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Reabilitação

Resumo

A perda do controle postural é considerada uma síndrome geriátrica de causa multifatorial, que ocorre devido ao acúmulo de déficits em múltiplos sistemas a qual irá causar grande vulnerabilidade perante os desafios da vida do idoso. Dentre as queixas principais, destaca-se desequilíbrio, tontura e vertigem. Trata-se de um estudo transversal onde participaram idosos agricultores residentes da comunidade de Santo Alexandre, zona rural de Garibaldi/RS, com idade igual ou superior a sessenta anos, de ambos os sexos. Foram filmados os primeiros 30 segundos na posição ortostática em plano frontal e sagital, com o indivíduo de olhos fechados e posteriormente o conteúdo foi analisado por fotogrametria computadorizada. Concluiu-se que a oscilação anterior é maior que a posterior, além da constatação da presença de oscilação látero-lateral no processo do envelhecimento. Entretanto, não obteve-se resultados estatisticamente significativos na correlação entre as variáveis quedas, idade e oscilações.

Publicado
2020-02-17
Seção
Saúde e Ciências Agroveterinárias - Artigo Completo