LIPIDOSE HEPÁTICA EM PEQUENOS FELINOS - REVISÃO DA LITERATURA

  • Júlia Nunes Centro Universitário da Serra Gaúcha
  • Ana Paula Paim dos Santos
  • Katiane Carvalho Colombo
  • Letícia Leivas Soulue
  • Lucas Ariel Rossi
  • Lara Seffrin Dutra

Resumo

A lipidose hepática em pequenos animais é uma hepatopatia mais comum em gatos, sendo denominada como lipidose hepática felina. É causada por um desequilíbrio entre a captação hepática dos ácidos graxos e a sua utilização, acometendo principalmente animais obesos que tenham perdido massa corpórea. As causas específicas desse distúrbio incluem obesidade, ingestão calórica desbalanceada, desnutrição, hepatotoxinas, doenças sistêmicas e doença idiopática. Além disso, a mesma pode estar associada a outras disfunções do fígado. Os felinos acometidos apresentam icterícia marcante, vômitos, perda de peso, hipocalemia e desidratação e encefalopatia hepática (EH), cujos sinais neurológicos são incomuns na espécie. A nutrição é o ponto principal do tratamento, bem como da prevenção da doença. 

Publicado
2021-03-18
Seção
Saúde e Ciências Agroveterinárias - Resumo Expandido