A IMPORTÂNCIA DA PRODUÇÃO GRÁFICA PARA O CONTEÚDO JORNALÍSTICO E SUA INTENCIONALIDADE

UM ESTUDO DE CASO DA EDIÇÃO 166 DA REVISTA G MAGAZINE

  • Michel Hajime Itakura Faculdade Maringá
  • Emerson Andujar

Resumo

Esta pesquisa é um estudo de caso da edição 166 da Revista G Magazine com o objetivo de analisar a capa para e ver a importância da produção gráfica para o conteúdo jornalístico. Além de vislumbrar a sua intencionalidade, desconstruir os signos presentes na mesma e entender o seu impacto. Para este estudo foi decupado cada item da capa e comparado com as matérias jornalísticas presentes no conteúdo para saber sobre a construção da mesma. Essa que tem um embasamento bibliográfico para a fundamentação do que foi analisado. Com a problemática que em uma revista de nu masculino o modelo por si só se vende. E com a hipótese de que para esse tipo de produto a produção gráfica não é necessária. Hipótese que é refutada, considerando que mesmo com algo mais apelativo como um produto erótico é necessário uma produção gráfica para chamar a atenção do stakeholder, inclusive para o conteúdo jornalístico, que nesse tipo de material não é o foco.

Publicado
2021-03-23