TRATAMENTO DE ÚLCERAS VENOSAS E O PAPEL DO ENFERMEIRO

UMA REVISÃO INTEGRATIVA

  • Angela Carissimi Susin Centro Universitário da Serra Gaúcha
  • Nicole Almeida da Fonseca Centro Universitário da Serra Gaúcha

Resumo

Introdução: As úlceras venosas são lesões que ocorrem do comprometimento vascular dos membros inferiores. A incompetência valvar, a falência do músculo gastrocnêmio e a obstrução das veias, comprometem o retorno venoso ocasionando hipertensão e esvaziamento incompleto das veias, levando à ocorrência destas lesões crônicas. Objetivo: apresentar os tratamentos disponibilizados às úlceras venosas, abordando especialmente as intervenções de enfermagem pertinentes a estes tratamentos. Metodologia: Revisão bibliográfica integrativa, com amostragem final de 14 artigos.  Resultados e discussão: Dentre os tratamentos existentes para a úlcera venosa, destacam-se: Bota de Unna, oxigenioterapia hiperbárica, plantas medicinais, Terapia Física Descongestiva (TFD) e utilização de Irradiação ultrassônica de baixa frequência. A avaliação da lesão, a elaboração de um plano de cuidados efetivos e contínuos, bem como orientações para o autocuidado estendido ao domicílio do paciente, correspondem a ações competentes ao profissional enfermeiro no cuidado destas lesões crônicas. Conclusão: o profissional enfermeiro tem importante papel no tratamento das úlceras venosas, sendo imprescindível o conhecimento das intervenções de enfermagem pertinentes a cada tratamento, bem como fundamentação científica para a escolha da terapêutica para este paciente.

Publicado
2021-03-11
Seção
Saúde e Ciências Agroveterinárias - Artigo Completo