AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ALIMENTAÇÃO E DE DEFICIÊNCIAS NUTRICIONAIS EM INDIVÍDUOS VEGETARIANOS

  • Mirelly Bacchi FSG
  • Caroline Calloni FSG Centro Universitário

Resumo

Introdução: A adesão a dieta vegetariana vem crescendo mundialmente nos últimos anos, entre diversas faixas etárias. Essa dieta tem como princípio excluir qualquer tipo de alimentos de origem animal, tais como gado, aves, peixes entre outros. Objetivo: Avaliar o estado nutricional e a qualidade da dieta de indivíduos vegetarianos. Metodologia: Estudo epidemiológico observacional com delineamento transversal, com coleta de dados primários, que avaliou a qualidade da dieta e a presença de deficiências nutricionais em 199 indivíduos vegetarianos, através de um questionário online. Resultados: Foram avaliados 199 vegetarianos resultando na amostra que a maior parte dos participantes eram do sexo feminino (71,4% n=142) e também consideravam-se ovolactovegetarianos, a maioria dos vegetarianos também realizavam exames sanguíneos (63,3% n=126), sendo a maioria apresentando valores adequados para vitamina B12 (96,2% - n=76), nos resultados de ferritina todos os resultados estavam adequados (100 % - n= 63), para colesterol total a maioria também apresentou valores adequados (77,3% - n=51), exames de triglicerídeos também estavam adequados (96,7% - n=59), vitamina D (74,1% - n=40) também estava adequado. Conclusão: Este estudo apresentou resultados significativos quanto ao estado nutricional e a qualidade da dieta, os resultados obtidos reforçam a ideia de que uma dieta vegetariana pode ser saudável, desde que seja feita com orientação de profissional.

Publicado
2021-03-16
Seção
Saúde e Ciências Agroveterinárias - Resumo Expandido