INTOXICAÇÃO POR Cycas Revoluta

RELATO DE CASO

  • Isadora Pereira FSG
  • Manoela Winter FSG
  • Pietro Maria Chagas

Resumo

Intoxicação por plantas tóxicas em cães e gatos, é uma das principais intoxicações que acometem a clínica de pequenos animais. Cycas revoluta, nativa do Japão e da Indonésia, conhecida no Brasil como cica, sagu, palmeira-sagu ou sagu-de-jardim. Através de exames bioquímicos sanguíneos, radiográficos e ultrassonográficos é possível identificar o que a toxicidade desta planta causa no organismo dos animais. Ainda, os animais intoxicados podem apresentar vômito, diarreia, dor abdominal, apatia, entre outros sinais clínicos. No presente relato de caso, vamos debater sinais clínicos e exames, bem como tratamentos e prevenção de um canino raça Golden Retriever, fêmea, com 1 ano de idade, não castrada. No primeiro atendimento o animal apresentava vômito e diarreia. O animal precisou ficar internado para realização de exames e administração de medicamentos. A paciente precisou de transfusão sanguínea e teve que fazer uma laparotomia exploratória para retirar o conteúdo obstrutivo do estômago, cujo conteúdo era pedaços de cartilagem, folhas e brotos. Para este tipo de intoxicação é realizado o tratamento assintomático e de suporte pois ainda não existe antídoto para intoxicação por Cycas Revoluta. Embora necessário, o tutor optou por não realizar o tratamento no animal. 

Publicado
2021-03-11
Seção
Saúde e Ciências Agroveterinárias - Artigo Completo