A TERAPIA OCUPACIONAL PARA INDIVÍDUOS COM PARAPARESIA ESPÁSTICA HEREDITÁRIA

UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

  • Tabita Cristina Madureira da Costa Knaack
  • Carolina Py de Castro
  • William Dariz
  • Renata D`Agostini Nicolini-Panisson Centro Universitário da Serra Gaúcha/ Professora Doutora Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Reabilitação

Resumo

Resumo

Introdução: A Paraparesia Espástica Hereditária (PEH), também conhecida como doença de Strumpell Lorrain, está classificada em um grupo de doenças raras com característica clínica de espasticidade dos membros inferiores secundária à disfunção do trato piramidal, ocasionando fraqueza progressiva nos membros inferiores, espasticidade e hiperreflexia. Devido a estes acometimentos, a patologia apresenta uma redução progressiva da capacidade funcional dos indivíduos, além de terem poucas pesquisas no Brasil referente ao perfil ocupacional e desempenhos dos pacientes com PEH. Objetivo: Identificar os déficits cognitivos e sensório motores de indivíduos com PEH, bem como conhecer os recursos e equipamentos de tecnologia assistiva que maximizem a função na realização de suas ocupações. Métodos:Esta pesquisa realizou o método da revisão integrativa da literatura de artigos científicos sobre déficits cognitivos, déficits sensório motores de indivíduos com PEH, recursos e equipamentos de Tecnologia Assistiva que auxiliam os indivíduos na realização de suas ocupações. Resultados:Os principais déficits cognitivos encontrados nos artigos foram epilepsia, declínio cognitivo e deficiência intelectual, as dificuldades sensórias motoras se destacaram a espasticidade, fraqueza progressiva dos membros inferiores, paraplegias e anormalidades na marcha, devido a essas dificuldades apresentadas, as pesquisas demonstraram que alguns indivíduos utilizam equipamentos de Tecnologia Assistiva (TA), como cadeira de rodas, andadores e muletas, pois os auxiliam na realização de suas atividades. Conclusão: Devido os déficits cognitivos e sensório motores encontrados nas pesquisas, foi demonstrado nas pesquisas a necessidade do uso de TA para indivíduos com PEH, faz-se importante e necessária a realização de pesquisas na área, para contribuir com a facilitação da funcionalidade e ampliação de recursos terapêuticos, proporcionando melhoria na rotina diária dessa população.

Publicado
2021-03-11
Seção
Saúde e Ciências Agroveterinárias - Artigo Completo