A INOVAÇÃO VISTA A PARTIR DA TEORIA DA COMPLEXIDADE

  • Marcos Paulo Albarello Friedrich IMED - Faculdade Meridional
  • Jandir Pauli Faculdade Meridional - IMED
  • Eliana Andréa Severo Faculdade Meridional - IMED

Resumo

A tentativa de interpretar as organizações através da Teoria Quântica de maneira que seja possível compreender com maior aprofundamento as características e os fenômenos ligados à inovação formam o tema central deste estudo. Propõe uma abordagem que explora a lacuna existente pela incapacidade de compreensão dos fenômenos pelas teorias clássicas usando a metáfora quântica como uma interpretação alternativa da realidade (MORGAN, 1996). Para alcançar tal objetivo foi criado um referencial sobre a Teoria Quântica e sobre Inovação e uma discussão sobre os mesmos. Posteriormente foi criado um roteiro semiestruturado e realizado uma pesquisa qualitativa e exploratória em uma organização inovadora para identificação, na prática, da discussão gerada pela teoria. Como resultados destaca-se que a utilização da Teoria Quântica para analisar Inovação é válida, vide que tal forma de interpretar consegue de algum modo explicar de maneira mais abrangente fenômenos ocorridos nas organizações que são de difícil interpretação pelos modelos convencionais que discutem Inovação.


Biografia do Autor

Marcos Paulo Albarello Friedrich, IMED - Faculdade Meridional

PROFESSOR DE PÓS-GRADUAÇÃO NA FACULDADE MERIDIONAL - IMED

INTERESSES NAS ÁREAS DE MARKETING E COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR, TOMADA DE DECISÃO E TEORIAS ORGANIZACIONAIS CONTEMPORÂNEAS.

Jandir Pauli, Faculdade Meridional - IMED

Doutor em Administração
Professor do Mestrado em Administração da IMED

Eliana Andréa Severo, Faculdade Meridional - IMED
Doutora em Administração
Professora do Mestrado em Administração da IMED
Publicado
2016-05-24