Fundos de Renda Fixa: Uma Análise sob as Perspectivas do Pequeno Investidor

Luís Antônio Gióia Ettore, Vinicius Mothé Maia

Resumo


Este estudo almeja analisar as características dos fundos de investimento de renda fixa viáveis aos pequenos investidores brasileiros. Tendo em mente esse grupo de investidores, foram estabelecidos critérios para a escolha dos fundos e posterior coleta das suas características. A coleta dos dados abrangeu 106 fundos, sendo as informações coletadas nos sítios eletrônicos dos 50 maiores gestores de patrimônio líquido de fundos de investimento de renda fixa no Brasil até abril de 2016, além da utilização da plataforma “Comparação de Fundos” da corretora Vérios. O período analisado foi de 01/06/2015 a 01/06/2016. A análise se deu, primeiramente, através de estatística descritiva gerada a partir das informações coletadas buscando apresentar um panorama deste segmento de fundos e suas nuances. Ademais, tais informações foram subdivididas entre bancos comerciais e de investimento para verificar se há diferenças entre estes dois tipos de gestão, neste intuito, foi utilizada a análise de variância entre médias (ANOVA) das principais variáveis. Por fim, realizou-se uma regressão tendo o retorno como variável dependente e o risco do fundo, sua taxa de administração e o tipo de gestão como variáveis explicativas. Os resultados indicam que os pequenos investidores devem se ater ao tipo de gestor do fundo, pois houve diferenças, estatisticamente significantes ao nível de confiança de 5%, entre os bancos no que diz respeito a rentabilidade, taxa de administração, aplicação inicial e subsequente. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.