MOBILIÁRIO DE USO COMUM PARA ÁREAS EXTERNAS

  • Kleber Zanardi

Resumo

O mobiliário projetado para uso comum em ambientes externos (como condomínios, praças, parques etc.), compartilhado por usuários com diferentes características físicas e cognitivas, possuem configurações, propriedades materiais e condições funcionais específicas que merecem especial atenção por parte dos designers. Além de uma maior durabilidade, no âmbito ergonômico devem ser desenvolvidos com o objetivo de contemplar fatores como o conforto, a segurança e a manutenção. Visando elucidar esses aspectos, foram realizadas análises estruturais, morfológicas e funcionais dos principais bancos atualmente comercializados na região de Caxias do Sul, com base nas teorias da ergonomia e normas técnicas vigentes para o setor produtivo moveleiro.
Publicado
2018-05-02
Seção
Artigos