BIOGÁS: SISTEMA E CONTROLE DE QUEIMA

  • Tomé Pauletti Torchetto FSG - Faculdade da Serra Gaúcha

Resumo

Este relatório tem como objetivo desenvolver as características de um sistema de queima e incineração de Biogás em caldeiras geradoras de vapor. O país é responsável pela geração de 2% do gás metano,um dos principais causadores do efeito estufa no planeta. As alterações climáticas observadas tem grande valor meteorológico e despertam interesse de organizações que buscam diminuir os efeitos de gases nocivos na atmosfera gradativamente.  No presente trabalho são evidenciadas características naturais desse fenômeno bem como as interferências decorrentes da atividade humana e sua potencialização no bioma terrestre, O metano é produzido durante o processo de decomposição bacteriana anaeróbica, suas principais fontes antropogênicas são disposições de resíduos sólidos em aterros, usinas e atividades agropecuárias, contudo a geração do gás metano nestas disposições concentra um alto potencial energético que poderia ser reaproveitado na queima do material poluente, processo que ainda é pouco utilizado no Brasil devido a falta de investimentos e tecnologias específicas para o assunto.

Biografia do Autor

Tomé Pauletti Torchetto, FSG - Faculdade da Serra Gaúcha
Energias renováveis
Publicado
2016-12-22
Seção
Sustentabilidade e Inovação: avaliação do ciclo de vida, desenvolvimento de produtos, ecodesign, ecoeficiência