A IMPORTANCIA DA ECONOMIA SOLIDÁRIA PARA A CONSTRUÇÃO DE UM MEIO AMBIENTE SUSTENTÁVEL.

  • Mario Henrique da Rocha Centro Universtário da Serra Gaúcha
  • Graziela de Oliveira Kohler Centro Universtário da Serra Gaúcha

Resumo

O estudo observa a importância da Economia Solidária, para a construção de um meio ambiente sustentável. O objetivo central do trabalho proposto é investigar de que forma a implantação de programas de economia solidaria podem impactar positivamente com a sustentabilidade. Outrossim, o trabalho pretende responder ao seguinte questionamento: é possível, por meio da Economia Solidária, construir um meio ambiente sustentável e também economicamente viável (lucrativo)? 

Biografia do Autor

Mario Henrique da Rocha, Centro Universtário da Serra Gaúcha
Possui MBA em Controladoria, Finanças e Auditoria pelo Centro Universitário da Serra Gaúcha (2016) Graduação em Ciências Econômicas pela Universidade de Caxias do Sul (2012) e atualmente cursa graduação em Direito, no Centro Universitário da Serra Gaúcha.
Graziela de Oliveira Kohler, Centro Universtário da Serra Gaúcha
Doutora em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Capes 6), com Láurea acadêmica, na linha de pesquisa: Sociedade, Novos Direitos e Transnacionalização. Mestre em Direito pela Universidade de Caxias do Sul. Possui especialização em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. Graduada em Direito. Advogada. Atualmente é professora titular da Faculdade da Serra Gaúcha. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Civil (contratos e responsabilidade civil), Direito Ambiental e Novos Direitos.
Publicado
2017-06-09
Seção
Responsabilidade Social: desempenho socioambiental, economia inclusiva economia solidária