PROPOSTA DE REAPROVEITAMENTO DE LODO GALVÂNICO COMO ALTERNATIVA PARA FERTILIZAR CULTURA ORGÂNICA DE Lycopersicon esculentum Mill.

  • Luana Renosto Centro Universitário da Serra Gaúcha

Resumo

A atividade galvânica industrial é um dos setores mais críticos no que diz respeito à emissão de poluentes no meio ambiente, principalmente na geração de toneladas de resíduos sólidos mensalmente. O aproveitamento de tais resíduos na agricultura traria benefícios ambientais surpreendentes. O presente artigo tem o objetivo de utilizar o lodo de tratamento de peça da ETE de indústria galvânica como adubo para plantações e demostrar através de análises morfológicas das plantas e bromatólogicas no tomate que o lodo oriundo de processo industrial pode ser utilizado como fertilizante em cultura de Lycopersicon esculentum Mill. (tomate). Foi verificado que o grupo fertilizante teve boa produção de frutos quando comparado com os outros grupos. No entanto o grupo controle e ½ lodo apresentação uma produção 2 vezes inferior em relação ao grupo fertilizante. Os grupos 2, 1 e ½ foi visto que podem ser consumidos, contudo o grupo 4 não se mostrou próprio para consumo, pelo fato dos elementos magnésio e potássio estar acima do recomendado. Conclui-se que o lodo galvânico pode ser utilizado como alternativa de fertilizante para cultura de tomates e o lodo não compromete isoladamente a produção do vegetal.
Publicado
2017-06-09
Seção
Tecnologias Ambientais: tecnologias de produção mais limpa, controle de poluição, tecnologias para sistemas de gestão e