O COMPORTAMENTO DE CONSUMO E A CONSCIÊNCIA ECOLÓGICA DO CONSUMIDOR FINAL DE CAXIAS DO SUL

UMA ANÁLISE DA CONTRIBUIÇÃO DESTES FATORES PARA O AVANÇO DA ECONOMIA CIRCULAR

  • Rafael de Lucena Perini Faculdade da Serra Gaúcha - FSG
  • Karen Menger da Silva Guerreiro Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG
  • Everton Flores Silva Centro Universitário da Serra Gaúcha - FSG

Resumo

Este artigo aborda um tema de profunda relevância em tempos de necessárias mudanças para o desenvolvimento de uma sociedade sustentável e que garanta recursos para as gerações futuras. A Economia Circular visa quebrar alguns velhos paradigmas e reforçar a possibilidade de desenvolver um sistema econômico que garanta o equilíbrio ecológico. Em um estudo quantitativo buscou-se analisar o comportamento de consumo e a consciência ecológica dos consumidores caxienses para que assim pudessem ser evidenciadas as ações que os mesmos já têm tomado, a fim de encorajar iniciativas públicas e privadas rumo a este sistema que se demonstra tão promissor. Os resultados demonstram que os percentuais de consumidores caxienses com hábitos completamente conscientes ainda são poucos, mas que a maior parte da população já demonstra algum tipo de conhecimento a cerca do tema, bem como já coloca em prática diversos comportamentos que podem ser encarados como os primeiros passos para a implantação de uma Economia Circular, visto a importância que tem o consumidor final para a efetivação da proposta deste novo modelo econômico.

Publicado
2019-06-14
Seção
Responsabilidade Social: desempenho socioambiental, economia inclusiva economia solidária